.Poeta e Pensador

ruiemanuelpais
Sábado, 19 de Março de 2011

QUERO CANTAR UMA CANÇÃO - A FORMA ERRADA DO USO DA CIÊNCIA

 

 

 

  

 

   

 

EU QUERO CANTAR UMA CANÇÃO 

POEMA COM 3 VERSÕES EM EVOLUÇÃO

NA VERSÃO III TERMINA COM

A FORMA ERRADA DO USO DA CIÊNCIA 

  

 

EU QUERO CANTAR UMA CANÇÃO

I

Eu quero cantar uma canção

Que esteja em harmonia com o meu ser

Eu quero cantar uma canção

Que recorde o Sol ao amanhecer!

 

Eu quero cantar uma canção

Que venha do mais profunda da alma

Eu quero cantar uma canção

Que me devolva a paz e a calma!

 

Eu quero cantar uma canção

Para agradecer a Deus minha Vida

Sim eu quero cantar uma canção

E ver meu corpo e minha alma unidas!

 

Eu quero cantar uma canção

Aos justos dos Céus e à nossa Terra

Eu quero cantar uma canção

De alegria pelo fim desta guerra!

 

Também quero cantar uma canção

Pelo consenso da humanidade

Que este canto meu irmão

                                                                                            Reponha a paz e a felicidade!

 

Rui Pais

16/03/2011

 

 

 

QUERO CANTAR UMA CANÇÃO

II

 

Quero cantar uma canção

Que esteja em harmonia com o meu ser

Que recorde o Sol ao amanhecer!

 

Sim quero cantar uma canção

   Que venha do mais íntimo da alma

Que me devolva a paz e a calma!

 

Quero fazer desta canção

Um agradecimento a Deus pela Vida

E ver meu corpo e mina alma unidas!

 

Quero dedicar esta canção

Aos justos nos Céus e à Mãe Terra

De alegria numa serenidade sem guerra!

 

Também quero cantar uma canção

                      Pelo consenso da humanidade                        

Colaborando na paz para a felicidade!

 

Rui Pais

14/03/2011

 

 

QUERO CANTAR UMA CANÇÃO

III

 

É meu desejo entoar uma canção

Que esteja em harmonia com o meu ser

Que me recorde o Sol ao amanhecer

Que venha do mais íntimo da alma

Que me devolva a paz e a calma!

 

Quero cantar uma bela canção

Agradecendo a Deus minha Vida

Por ver meu corpo e alma unidas

Abaixo dos Céus na nossa Terra

Por estar perto o fim da guerra!

 

Termino dedicando o poema canção

Ao mundo do consenso na humanidade

Que busca criar uma paz digna de felicidade

Reconhecendo na sua própria consciência

A forma errada como se tem usado a Ciência!

 

Rui Pais

16/03/2011

publicado por Emanuel às 15:53
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. PEQUENOS POEMAS - NOVA ER...

. ...

. DEUS ESTÁ EM NÓS - POESIA...

. A Tábua da Esmeralda - He...

. A ARTE DA NATUREZA - POE...

. QUERO CANTAR UMA CANÇÃO -...

. DIA INTERNACIONAL DA MULH...

. DENTRO DE MIM - POESIA ES...

. A FONTE DA ETERNIDADE

. "O QUARTO MUNDO" POESIA E...

.arquivos

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

.favorito

. SER POETA É LUTAR PELA PA...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds