.Poeta e Pensador

ruiemanuelpais
Sexta-feira, 30 de Julho de 2010

POEMA "21 DEZEMBRO 2012 FICÇÃO OU REALIDADE" ESPIRITUALIDADE

 

21 DEZEMBRO 2012 FICÇÃO OU REALIDADE

 

Há um grande dilema no vasto horizonte

Que deixará em dúvida infinita gente

21 de Dezembro de 2012 é a data

Citada, veja-a como uma meta.

 

Vem com o solstício do Inverno

E um eclipse total da Luz Solar

Alguns pensarão ser o inferno

Na Terra que deixarão de habitar.

 

Antes que a nova Luz possa emergir

Aqueles sem fé serão solicitados a partir

Uma Chama muito pura brilhará nos Céus

Num manifesto da sublime Vontade de Deus!

 

Rui Pais

26/07/2010

 

 

http://ruipaispensamentos.blogs.sapo.pt/

 

http://www.youtube.com/user/ruiemppais

 

 

publicado por Emanuel às 18:19
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 24 de Julho de 2010

MINHA RELAÇÃO COM O MEIO - POESIA ESPIRITUALIDADE

 

 

MINHA RELAÇÃO COM O MEIO

 

É forte a minha relação com o meio…

Pressinto que todo o planeta se agita….

Abaixo a lava incontrolável e sem freio

Movimenta-se na busca duma saída…

O vulcão explode e a cratera vomita!

 

Rui Pais

21/07/2010

 

Como diria Tagore

“O meu poema é a resposta da minha Alma ao apelo do Universo.

 

 

http://ruipaispensamentos.blogs.sapo.pt/

 

http://www.youtube.com/user/ruiemppais

publicado por Emanuel às 23:33
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 22 de Julho de 2010

POEMA - O JULGAMENTOMDAS PALAVRAS - DE RUI PAIS

 

 

 

O JULGAMENTO DAS PALAVRAS

 

Palavras e pontuação compareceram

Para que o Verbo voltasse à presidência

Na entrada do tribunal já todos discutiam

Tratava-se dum julgamento de relevância

 

Reuniram-se bibliotecas de fora e nacionais

Homens de letras, gramática, os pensadores

Corruptos à parte dos anjos e seres celestiais

O Deus da Bíblia atento aos profanadores!

 

O julgamento foi rápido e era fundamental

O Abecedário e o Verbo foram absolvidos

Os termos como ESCRAVATURA banidos

A escrita revista num contexto actual!

 

Rui Pais

 

 

http://ruipaispensamentos.blogs.sapo.pt/

 

http://www.youtube.com/user/ruiemppais

 

publicado por Emanuel às 22:08
link do post | comentar | favorito
|

SONETO DE SEPARAÇÃO - Vinicius de Moraes

 

 

SONETO DE SEPARAÇÃO

Vinicius de Moraes

 

De repente do riso fez-se o pranto

Silencioso e branco como uma bruma

E das bocas unidas fez-se a espuma

E das mãos espalmadas fez-se o espanto.

 

De repente da calma fez-se o vento

Que dos olhos desfez a última chama

E da paixão fez-se o pressentimento

E do momento imóvel fez-se o drama.

 

De repente, não mais que de repente

Fez-se de triste o que se fez amante

E de sozinho o que se fez contente.

 

Fez-se do amigo próximo o distante

Fez-se da vida uma aventura errante

De repente, não mais que de repente.

publicado por Emanuel às 22:02
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Julho de 2010

POESIA DA ALMA - POEMA ESPIRITUAL DE RUI PAIS

 

POESIA DA ALMA

 

A poesia brota da fonte da Alma

Universo de teor transcendental

Numa voz que se eleva e proclama

Seus valores de índole Espiritual.

 

Poesia é um voo em liberdade

Nas desmesuradas asas do condor

Ela é uma Deusa… uma Deidade

Num cântico que dedico ao Criador!

 

Rui Pais

19/07/2010

 

 

 

http://ruipaispensamentos.blogs.sapo.pt/

 

http://www.youtube.com/user/ruiemppais

 

 

 

 

 

 

publicado por Emanuel às 20:19
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 18 de Julho de 2010

"AOS POETAS" POESIA - MIGUEL TORGA

 

 

AOS POETAS

 

Aos poetas eu levanto

A taça fraternal desde meu canto,

E bebo em vossa honra o doce vinho

Da amizade e da paz.

Vinho que não é meu,

Mas sim do mosto que a beleza traz.

 

E vos digo e conjuro que canteis,

Que sejais menestréis

Duma gesta de amor universal.

Duma epopeia que não tenha reis,

Mas homens de tamanho natural.

 

Homens de toda a terra sem fronteiras.

De todos os feitios e maneiras,

Da cor que o sol lhes deu à flor da pele.

Crias de Adão e Eva verdadeiras.

Homens da torre de Babel.

 

Homens do dia-a-dia

Que levantem paredes de ilusão.

Homens de pés no chão,

Que se calcem de sonhos e de poesia

Pela graça infantil da vossa mão.

 

Miguel Torga

publicado por Emanuel às 15:48
link do post | comentar | favorito
|

"O TEU RETRATO" - POESIA DE ANTÓNIO NOBRE

 

 

 

O TEU RETRATO

 

Deus fez a noite com o teu olhar,

Deus fez as ondas com os teus cabelos;

Com a tua coragem fez castelos

Que pôs, como defesa, à beira-mar.

 

Com um sorriso teu, fez o luar

(Que é sorriso de noite, ao viandante)

E eu que andava pelo mundo, errante,

Já não ando perdido em alto-mar!

 

Do céu de Portugal fez a tua alma!

E ao ver-te sempre assim, tão pura e calma.

Da minha Noite, eu fiz a Claridade!

 

Ó meu anjo de luz e de esperança,

Será em ti afinal que descansa

O triste fim da minha mocidade!

 

António Nobre

 

 

publicado por Emanuel às 15:23
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 13 de Julho de 2010

NESTES ÚLTIMOS TEMPOS - SOPHIA DE MELLO BREYNER

 

 

NESTES ÚLTIMOS TEMPOS

 

Nestes últimos tempos é certo a esquerda fez erros

Caiu em desmandos confusões praticou injustiças

 

Mas que diremos da longa tenebrosa e perita

Degradação das coisas que a direita pratica?

 

Que diremos do lixo do seu luxo – de seu

Viscoso gozo da nata da vida – que diremos

De sua feroz ganância e fria possessão?

 

Que diremos da sua sabia e tácita injustiça

Que diremos de seus conluios e negócios

E do utilitário uso dos seus ócios?

 

Que diremos de suas máscaras álibis e pretextos

De suas fintas labirintos e contextos?

 

Nestes últimos tempos é certo a esquerda muita vez

Desfigurou as linhas do seu rosto

 

Mas que diremos da meticulosa eficaz expedita

Degradação da vida que a direita pratica?

 

Sophia de Mello Breyner Anderson

 

SOPHIA DE MELLO BREYNER

 

 

 

http://ruipaispoesiaespiritual.blogs.sapo.pt/

  

http://www.youtube.com/user/ruiemppais

publicado por Emanuel às 20:11
link do post | comentar | favorito
|

POESIA - "CANTARES" ANTÓNIO MACHADO

 

 

Cantares...

Todo pasa y todo queda,
pero lo nuestro es pasar,
pasar haciendo caminos,
caminos sobre el mar.

Nunca persequí la gloria,
ni dejar en la memoria
de los hombres mi canción;
yo amo los mundos sutiles,
ingrávidos y gentiles,
como pompas de jabón.

Me gusta verlos pintarse
de sol y grana, volar
bajo el cielo azul, temblar
súbitamente y quebrarse...

Nunca perseguí la gloria.

Caminante, son tus huellas
el camino y nada más;
caminante, no hay camino,
se hace camino al andar.

Al andar se hace camino
y al volver la vista atrás
se ve la senda que nunca
se ha de volver a pisar.

Caminante no hay camino
sino estelas en la mar...

Hace algún tiempo en ese lugar
donde hoy los bosques se visten de espinos
se oyó la voz de un poeta gritar
"Caminante no hay camino,
se hace camino al andar..."

Golpe a golpe, verso a verso...

Murió el poeta lejos del hogar.
Le cubre el polvo de un país vecino.
Al alejarse le vieron llorar.
"Caminante no hay camino,
se hace camino al andar..."

Golpe a golpe, verso a verso...

Cuando el jilguero no puede cantar.
Cuando el poeta es un peregrino,
cuando de nada nos sirve rezar.
"Caminante no hay camino,
se hace camino al andar..."

 

António Machado

 

 

http://ruipaispensamentos.blogs.sapo.pt/

 

http://www.youtube.com/user/ruiemppais

publicado por Emanuel às 19:53
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 10 de Julho de 2010

POESIA - "PENSAR EM ANDAMENTO"

 

 

 

PENSAR EM ANDAMENTO

 

Gosto de pensar em andamento

Como se o caminhar imprimisse

Alguma cadência no movimento

E de certa forma contribuísse

Para acelerar o pensamento!

 

Rui Pais

10/07/2010

 

http://ruipaispensamentos.blogs.sapo.pt/

 

http://www.youtube.com/user/ruiemppais

publicado por Emanuel às 15:31
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. PEQUENOS POEMAS - NOVA ER...

. ...

. DEUS ESTÁ EM NÓS - POESIA...

. A Tábua da Esmeralda - He...

. A ARTE DA NATUREZA - POE...

. QUERO CANTAR UMA CANÇÃO -...

. DIA INTERNACIONAL DA MULH...

. DENTRO DE MIM - POESIA ES...

. A FONTE DA ETERNIDADE

. "O QUARTO MUNDO" POESIA E...

.arquivos

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

.favorito

. SER POETA É LUTAR PELA PA...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds