.Poeta e Pensador

ruiemanuelpais
Domingo, 28 de Fevereiro de 2010

UM CICLO QUE SE REPETE - POEMA DE RUI PAIS 28FEV2010

 

 

 

UM CICLO QUE SE REPETE
 
Deixem-me espreitar
O mundo que aí vem
A todos quero difundir
Uma divina mensagem:
 
Não repitam aquele ontem
Deus não quer que se matem
Deu-vos a Vida com tanto Amor
É Seu desejo que se Amem!
 
Rui Pais
28/02/2010

 

publicado por Emanuel às 12:13
link do post | comentar | favorito
|

ALMAS DE LUZ - O CAMINHO PARA A NOVA ERA DO ESPÍRITO

 

 

ALMAS DE LUZ
 
Num sono repleto de pesadelos
Vi as águas a cismar com o vento
Quando segredam há que temê-los
Fazem do clima o maior tormento.
 
Fervilham no âmago estas terras
Os oceanos agitam-se num pavor
Deus vem e excomunga as guerras
E o planeta afugenta o invasor.
 
Chegam as crianças Cristal e Índigo
Almas de luz, génios da nova geração…
Ocupam terras isentas de qualquer perigo
Num ápice Deus procede à transformação!
 
Rui Pais
 
 
 
 
publicado por Emanuel às 12:00
link do post | comentar | favorito
|

UM PACTO DE FERTILIDADE - EM BUSCA DA UNIDADE DO SER

 

 

UM PACTO DE FERTILIDADE
 
Eu Sou o caudal da fonte perpétua…
O fluxo da vida por Deus abençoada.
Forneço à humanidade toda a água…
Encharco seu solo duma assentada!
 
Eu sou a essência do vosso sustento
Venho celebrar um pacto de amizade.
Trago comigo o meu parceiro o vento
Proponho-lhes o acesso à fertilidade!
 
Lego a este chão minha fonte a fluir…
Tão cristalina como a pureza do diamante
Um filão único que jamais se poderá exaurir
Oferta à natureza e há sua vida abundante!
 
Rui Pais
09/10/2008
publicado por Emanuel às 11:55
link do post | comentar | favorito
|

INQUIETAÇÃO - POEMA SOBRE ESPIRITUALIDADE E NOVA ERA

 

 

INQUIETAÇÃO
 
Não foi Deus que me fez assim
E o mundo não tem culpa, não
Fui eu que sem ter dó de mim
Criei este estado de emoção.
 
Surgiu-me aquela dor pessoal
Que não é comum a cada ser
Mas é tão aflitiva e tão real
Que apenas eu a sei descrever.
 
Eu queria ver chegar a Nova Era…
Essa tão anunciada Espiritualidade.
Mas sinto-me ansioso de tanta espera
E a gente de cá vê isso com hilaridade!
 
Rui Pais
20/09/2008
publicado por Emanuel às 11:52
link do post | comentar | favorito
|

NUM DIA INSTÁVEL - PARA UM MUNDO INSTÁVEL

 

 

NUM DIA INSTÁVEL
 
Num dia sem Sol…
Num dia com chuva…
Num dia batido pelo vento…
 
Quando o clima no mesmo dia
Apresenta uma certa desarmonia
A existência reage de forma evasiva
 
O silêncio fazendo uso do discernimento
Entende no conluio do vento com a água
Que o ritmo da vida carece do movimento!
 
Rui Pais
22/02/2010
 
 
 
 

 

publicado por Emanuel às 11:49
link do post | comentar | favorito
|

UM POEMA PROFÉTICO - ESPIRITUALIDADE E NOVA ERA

 

 

UM POEMA PROFÉTICO
 
Teria Deus surgido dum sonho…
Quem o sonharia, não é estranho…
Viu-se um lampejo romper a escuridão
O universo tomava o aspecto da Criação.
 
Ninguém sabia o que era uma tempestade
Nem o significado que detinha a eternidade
Não se concebia nenhum género ou formas
Tão pouco havia as leis para impor normas.
 
Nem se conhecia o poder da criatividade
Nem o mal capaz de difamar a verdade
Nada se sabia sobre a raça humana
Nem vida espiritual nem profana!
 
Rui Pais
19/09/2008
publicado por Emanuel às 11:46
link do post | comentar | favorito
|

A PAZ PERDIDA NOUTRA IDADE - A PAZ DE NOVO PERDIDA

 

 

A PAZ PERDIDA NOUTRA IDADE
 
Exausto da vida passada na mentira
Com o desespero grassando no mundo
O governo em vez de dar ainda retira
Sente-se a paciência tocar no fundo.
 
Promessas de antes a todas as horas
Trazemos no dorso o espinhoso fardo.
Das aldrabices não chegam as melhoras
De tanto sofrer o operário está cansado.
 
O Terceiro Milénio vai formar uma Nova Era
Numa grande mudança rumo à Espiritualidade
É preciso sair desta contaminada atmosfera
E abraçar a Paz que já floriu noutra idade!
 
Rui Pais
15/09/2008
publicado por Emanuel às 11:42
link do post | comentar | favorito
|

"SEM PAZ NÃO HÁ FUTURO" A PAZ É O CAMINHO PARA A HARMONIA

 

 

SEM PAZ NÃO HÁ FUTURO
 
Sem Paz não se vê um futuro
A esperança para a humanidade
Em cada cidade ergueu-se um muro
Separando o bem da animosidade.
 
Dum lado as armas assassinas
Bandos que matam sem mercê
Ao serviço de elites clandestinas
Hábeis em agredir a mim e a Você.
 
É preciso erradicar o arsenal da morte
Encontrar a Paz que nos foi agraciada
Deter essa minoria seja a Sul ou a Norte
Unificando a nossa gente transviada!
 
Rui Pais
14/02/2010
 
 
publicado por Emanuel às 11:39
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010

A ÂNSIA DUM POVO PELA LIBERDADE - A LIBERDADE ALMEJADA

 

 

 

 
 
A ÂNSIA DUM POVO PELA LIBERDADE
 
Sou a ânsia dum povo que clama em sobressalto
Cada passo em falso é do abismo que se aproxima
Vai-se arrastando na estrada sob o calor do asfalto
Num poema que comenta esta tragédia na rima.
 
Em sua liberdade voava nas asas do pensamento
Mas a elite financeira que tudo pode e tudo quer
Aos poucos viu-se asfixiado no seu próprio alento
Ela sabe corromper até os estadistas no poder.
 
Deus observa o panorama do Seu Lar desde cima
Prepara o fecho do Ciclo sente as almas degradadas
Vê que a humanidade foi perdendo a auto-estima
O Criador vem buscá-las para que sejam purificadas.
 
A libertação traz uma nova esperança à humanidade
Aqueles que sem escrúpulos abusaram do dinheiro
Tombam com o sistema ao serviço da sua vontade
A Paz e o Amor vêm e instalam-se a tempo inteiro.
 
O renascimento é uma porta aberta para a vida plena
A morte é apenas uma ponte que conduz à eternidade
Cada vida tem uma experiência que pode ser terrena
E todas elas nos proporcionam o acesso à felicidade!
 
Rui Pais
21/02/2010
publicado por Emanuel às 00:05
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2010

LEMBRO-ME FOI NO PINO DO VERÃO - PEQUENO POEMA

 

 

LEMBRO-ME
 
Lembro-me… foi no pino do Verão
O clima apresentava-se cinzento
Incerto como o impetuoso vento
 
Vi um tempo fora da estação
Como se ele quisesse ocultar
Um temporal vindo do mar!
 
Rui Pais
21/07/2008
publicado por Emanuel às 23:54
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. PEQUENOS POEMAS - NOVA ER...

. ...

. DEUS ESTÁ EM NÓS - POESIA...

. A Tábua da Esmeralda - He...

. A ARTE DA NATUREZA - POE...

. QUERO CANTAR UMA CANÇÃO -...

. DIA INTERNACIONAL DA MULH...

. DENTRO DE MIM - POESIA ES...

. A FONTE DA ETERNIDADE

. "O QUARTO MUNDO" POESIA E...

.arquivos

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

.favorito

. SER POETA É LUTAR PELA PA...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds