.Poeta e Pensador

ruiemanuelpais
Segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2010

DENTRO E FORA DO SILÊNCIO - POEMA DE RUI PAIS

 

 

 

DENTRO E FORA DO SILÊNCIO
 
Quis mergulhar no silêncio profundo
Lá fora ouvia veículos em aceleração
Concentrei-me apenas no meu mundo
Uma aeronave despertou-me a atenção.
 
Senti este silêncio apenas como parcial
Havia um leve rumor por toda a parte
Com aves, insectos do meio ambiental
Ruídos emergindo de perto e distante.
 
Ouvia vozes de gente falando à janela
Não se notava o menor sopro do vento
Na rua ladravam cães vadios sem trela
E uma ladainha aflorava dum convento.
 
O céu ainda vestia seu manto azul celeste
Eu antevia uma noite translúcida e calma
O Sol afastava-se no horizonte para oeste
Já via as estrelas cintilando com a alma!
 
Rui Pais
05/08/2009
publicado por Emanuel às 20:19
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. PEQUENOS POEMAS - NOVA ER...

. ...

. DEUS ESTÁ EM NÓS - POESIA...

. A Tábua da Esmeralda - He...

. A ARTE DA NATUREZA - POE...

. QUERO CANTAR UMA CANÇÃO -...

. DIA INTERNACIONAL DA MULH...

. DENTRO DE MIM - POESIA ES...

. A FONTE DA ETERNIDADE

. "O QUARTO MUNDO" POESIA E...

.arquivos

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

.favorito

. SER POETA É LUTAR PELA PA...

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds